Comi a minha cunhadinha gostosa virgem

Publicado: 29/07/2010 - 13h31 Contos eróticos

Olá! Moro em Vitória, Espírito Santo e não existe nada que eu goste mais do sexo, por isso compartilho aqui o que me aconteceu há bem pouco tempo.
Havia acabado de tomar banho e estava em meu quarto prestes a vestir minha roupa quando de repente a porta se abre e minha cunhadinha entra também com o propósito de trocar de roupa, pois também havia terminado o banho e estava apenas enrolada numa toalha. Quando me vê ela se assusta (também pudera, meu pau ficou imenso na hora pois ela é uma delícia, tem 17 aninhos e o corpinho todo perfeitinho e bem torneado, com seios pequenos e durinhos e bundinha redondinha) e tenta sair do quarto, eu entro em sua frente e digo que espere pois já havia visto tudo mesmo.
Vesti cueca, me aproximei dela e disse que já que ela havia me visto sem roupa era minha vez de vê-la e fui puxando sua toalha. Não acreditava que ela fosse deixar, mas acho que devido ao choque ela não reagiu me deixando tirar sua toalha. Olhei para seu corpo lindíssimo e imediatamente passei minha mão sobre o capô de sua bucetinha que possuía poucos cabelos, abaixei-me rapidamente perto dela e deslizei minha língua sobre aquela xoxotinha deliciosa, o que a fez suspirar, continuei lambendo e ela foi se esticando e abrindo as pernas.
Fui lambendo e empurrando-a para a cama devagar, ela deitou suas costas na cama e permaneceu com os pés no chão e eu continuei chupando. Fui acariciando sua bunda e a fudendo com minha língua, ela abraçou-me o pescoço com as pernas e começou a fezer um movimento de vai-e-vem, enquanto isso tirei minha cueca pois meu pau queria explodir... levantei-me e coloquei o pau em sua boca, ela nunca havia visto um pênis antes mas abocanhou a cabeça do meu pau e ficou chupando. Segurei sua cabeça e comecei a fuder sua boca com meu pau, enfiando e tirando e fui deitando-me sobre ela e fazendo um delicioso 69.
Depois de fazê-la gozar algumas vezes em minha boca, encaixei-me entre suas pernas e deslizei diversas vezes a cabeça de meu pau na entrada de sua grutinha que babava por ele. Tentei penetrá-la, a cabeça entrava um pouco mas sua virgindade não permitia a penetração.
Lubrifiquei meu cacete e tentei novamente, fui empurrando devagar enquanto ela gemia, segundo ela somente de prazer, até que meu pau entra inteirinho nela (que delícia de buceta apertadinha).
Comecei um vai-e-vem bem devagar e aos poucos ia aumentando a velocidade.
Comecei a meter forte naquela buceta deliciosa e chupar seus peitinhos durinhos e feitos sob medida para minha boca. Mordia os biquinhos de leve e alternava entre bombadas fortes e rápidas, e bombadas lentas e fracas, fui fudendo gostoso até que ela gozasse duas vezes quando tirei meu pau ainda estourando de duro e enfiei em sua boca, fudendo aquela boquinha saborosa. Quando estava prestes a gozar segurei sua cabecinha, dei bombadas mais fortes e explodi em gozo dentro daquela boquinha pequena, segurando sua cabeça mandei que ela engolisse tudo e foi o que ela fez, além de continuar chupando e lambendo meu pau até que ele ficasse bem limpinho.
Depois disso precisamos voltar para o banho, onde a chupei todinha novamente e a comi em pé no banheiro... foi uma delícia!!!

Deixe seu comentário

MAIS CONTOS ERÓTICOS

Mais

  MAIS RECENTES

veja mais

  TOP ENSAIOS

mais ensaios

  TOP VIDEOS

mais videos

  TOP CONTOS ERÓTICOS

mais contos eróticos